Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Paulo Fatela

Blog sobre artes, ofícios, paixões e diversas questões

Paulo Fatela

Blog sobre artes, ofícios, paixões e diversas questões

Exposição de presépios em Coimbra - Convite

Passo a divulgar o e-mail que recebi da Divisão de Cultura e Turismo da Câmara Municipal de Coimbra:

"A Câmara Municipal de Coimbra promoverá, através da Divisão de Cultura e Turismo (DCT), entre os dias 5 de dezembro de 2015 e 6 de janeiro de 2016, uma exposição/venda de presépios artesanais, no antigo Posto Municipal de Turismo - Mercado D. Pedro V, cujo horário será: de segunda a sábado, das 9h00 às 12h30 e das 13h00 às 16h30. [Encerra ao domingo, dias 8, 24, 25 e 31 de dezembro e dia 1 de janeiro]. 

A iniciativa tem como principal objetivo promover as criações artesanais alusivas à Natividade, divulgando a arte popular e urbana executada pelas mãos de diversos artesãos de vários pontos do país e tem suscitado uma significativa adesão de público que, desde há seis anos a esta parte, está habituado a visitar a exposição/venda de Presépios em Coimbra.

Os expositores deverão cumprir todas as disposições legais e regulamentos aplicáveis à sua atividade e aos produtos que comercializam, isto é, qualquer indivíduo, empresa ou instituição pode proceder à inscrição, no pressuposto de que tenha autorização legal para o fazer, estando devidamente coletado nas finanças, e cumprindo a Lei relativamente às transações efetuadas.

A inscrição/participação no evento tem carácter gratuito.

Para efeitos de eventual participação, facultamos uma “ficha de inscrição” (anexo) que deverá ser completamente preenchida e devolvida acultura@cm-coimbra.pt até ao dia 20 de novembro de 2015.

A seleção dos inscritos obedece a critérios relacionados com a tipologia, qualidade, originalidade, fidedignidade e a inovação das peças apresentadas. A organização reserva-se ao direito de recusar qualquer inscrição que não se enquadre no âmbito ou nos objetivos da tipologia do evento.

A organização, porque limitada ao espaço disponível, estabelece o limite máximo de participantes assim como os critérios de seleção/quantidades das peças a expor, equitativamente, por participante, para efeitos de venda.

Após análise das inscrições e seleção dos participantes, comunicaremos a todos os inscritos, via e-mail, da efetiva participação, ou não, na iniciativa.

Estabelecemos como prazo de receção das peças (peças para exposição/venda + peça para oferta à Câmara) o dia 30 de novembro de 2015.

Todas as peças deverão estar identificadas conforme o documento “Identificação/relação das peças entregues à Câmara Municipal de Coimbra” (anexo), que deverá ser preenchido e rececionado nos serviços da DCT aquando da entrega das peças para exposição/venda (até 30 de novembro).

Colocaremos à venda os presépios dos artesãos representados (em regime de consignação, com fatura a emitir pelo autor das peças, no caso da respetiva solicitação. Esta situação, assim que se justifique, será comunicada, de imediato, ao artesão em causa, que se comprometerá a emitir a fatura e a enviá-la para a morada postal de quem adquire as peças – que facultaremos –, imediatamente após a efetivação do ato de compra e venda).

Comunicamos que uma das condições de participação é que, no caso de que haja lugar a danos causados durante o transporte das peças, ou durante a sua exposição para venda, não recairá qualquer tipo de responsabilidade sobre o município, pelo que todo e qualquer prejuízo será assegurado pelo autor das peças. 

Tratando-se de uma iniciativa cuja participação é gratuita cedendo o município, além do espaço físico, recursos humanos que permitam a presença, permanente, de funcionários para procederem às respetivas vendas (integralmente a favor dos artesãos participantes), uma outra condição de participação prende-se com a necessária oferta de uma peça representativa de cada artesão para enriquecimento do espólio de presépios da Câmara Municipal de Coimbra (quer obtenha, quer não obtenha quaisquer receitas fruto de eventuais vendas). A oferta da peça (que deve ser entregue em separado e devidamente identificada pelo autor) é acompanhada pelo preenchimento de uma “Declaração de oferta de presépio à CMC” (anexo). O critério de escolha da peça a oferecer pertence exclusivamente ao artesão participante.

Os artesãos selecionados para efeitos de participação na iniciativa, poderão optar pela entrega presencial das peças – na Casa Municipal da Culturade preferência, junto da Divisão de Cultura e Turismo, de segunda a sexta-feira, das 9h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30, ou, em alternativa, junto da receção, de segunda a sexta, das 17h30 às 19h30, ou ao sábado, entre as 11h00 e as 13h00 e entre as 14h00 e as 19h00 – ou pelo envio por correio postal [morada: Casa Municipal da Cultura (DCT – Presépios); Rua Pedro Monteiro; 3000-329 Coimbra].

Eventuais esclarecimentos/informações: Telef. 239702630, com Alice Lucas ou Manuela Martinho (Técnicas da Divisão de Cultura e Turismo).

Antecipadamente gratos, na expetativa de que possa V. Ex.ª aceder ao nosso convite,

Com os melhores cumprimentos."